Seja bem vindo (a) ao nosso NOVO PORTAL, fique bem informado com as notícias que acontecem no Brasil, no mundo e em toda nossa região, porque informar é nossa missão.

NOTÍCIAS

CAIXA disponibiliza saque do FTGS por calamidade para moradores de Maripá (PR)

A liberação, decorrente da forte chuva ocorrida no mês de abril, pode ser solicitada à CAIXA por meio do Aplicativo FGTS.

 

Os trabalhadores residentes em Maripá podem solicitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. A liberação, decorrente da forte chuva ocorrida no mês de abril, pode ser solicitada à CAIXA por meio do Aplicativo FGTS.

Uma reunião foi realizada nesta terça-feira (21), no Paço Municipal, para esclarecer dúvidas e definir um ponto de apoio presencial no município para aqueles que tiverem alguma dificuldade em fazer a solicitação online.

A conversa envolveu a vice-prefeita, Janaína Müller Geraldi, o secretário de Assistência Social, Andrei Maurina e o gerente da Agência do Trabalhador local, Marciliano Barbosa, juntamente com a gerente geral da CAIXA de Palotina, Graciele Ortolan e o superintendente executivo de Varejo da CAIXA de Toledo, Luis Paulo Winiarski.

Ao todo, 114 municípios da Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Santa Catarina e Pernambuco foram habilitadas com o Saque FGTS por motivo de calamidade. “Sabemos que o FGTS já é um direito e um recurso do trabalhador. No entanto, o saque antecipado é justamente para momentos atípicos, como foi o caso do temporal e pode ajudar as famílias que perderam móveis ou tiveram que reformas suas casas”, pontua a vice-prefeita, Janaína Müller Geraldi.

O saque pode ser solicitado até 15/08 pelos moradores residentes nas áreas afetadas pelo temporal, conforme endereços identificados pela Defesa Civil Municipal.

É necessário possuir saldo positivo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00.

PONTO PRESENCIAL – Para aqueles que tiverem alguma dificuldade em fazer a solicitação online, poderão ir até a Agência do Trabalhador de Maripá, portando os documentos informados ao final desta página, conforme o seguinte cronograma:

27, 28 e 29/06: pessoas nascidas em janeiro, fevereiro e março;

30/06 e 01/07: pessoas nascidas em abril e maio;

04, 05 e 06/07: pessoas nascidas em junho, julho e agosto;

07 e 08/07: pessoas nascidas em setembro e outubro;

11, 12 e 13/07: pessoas nascidas em novembro e dezembro.

 

A Agência do Trabalhador de Maripá está localizada na Avenida Farrapos, nº 1.170. O atendimento ocorre de segunda e sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

SOLICITAÇÃO ONLINE – A solicitação é realizada de forma fácil e rápida pelo aplicativo FGTS, opção Meus Saques, no celular, sem a necessidade de comparecer a uma agência.

Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo. Os principais bancos são: BB – 001, SANTANDER – 033, UNIPRIME – 099, BRADESCO – 237, NUBANK – 260, ITAÚ – 341, SICREDI – 748 e SICOOB – 756.

 

 

Saque 100% digital — App FGTS

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS.

Como solicitar o saque FGTS:

Seguem orientações para o trabalhador que tiver direito ao saque por calamidade:

  • Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro; ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque — Calamidadepública” — acessar a cidade;
  • Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade;
  • Selecionar a opção para creditar o valor em conta CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou outro banco e enviar a solicitação;
  • O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

Informações sobre a documentação

  • Carteira de Identidade — também são aceitos carteira de habilitação e passaporte;
  • Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade.
  • Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a).

 

Para mais informações, os trabalhadores também podem acessar o site da CAIXA ou entrar em contato com a CAIXA pelo Fale Conosco 0800 726 0207.

 

Assessoria de imprensa

Gostou deste conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Últimas notícias

Publicidades

Tempo agora